WEBMAIL | AREA RESTRITA
CSS based drop-down menu
 
 
Alunos conhecem Câmara e fazem reivindicações para melhorias na escola e nos bairros
 
Alunos no gabinete do vereador Marcus Bazé


>>09/08/2017

Grupo fez pedidos de urgência e solicitou o uso da tribuna

Alunos do 5º ano “C”, da Escola Municipal Ramez Tebet conheceram a Câmara, na manhã desta quarta-feira (9). O grupo foi recebido pelo vereador Marcus Bazé que apresentou todos os setores da Casa de Leis e ainda se comprometeu a encaminhar reivindicações, referentes à escola e ao meio ambiente para a administração municipal.

A visita foi motivada por um projeto desenvolvido pela professora Miriam Graziela Teodoro Benevides, através da matéria Oficina de Meio Ambiente. A proposta foi apresentar a alunos do 1º ao 5º ano, os princípios da Carta da Terra e ainda debater em sala de aula o que é possível levar para a vida, a importância da harmonia entre a sociedade e o meio ambiente. Ao final, foi elaborado um princípio, com cada turma (14, no total).
Os estudantes também estiveram nas lagoas conhecendo a região e os animais lá existentes.

O resultado do projeto, um resumo dos 14 princípios, foi entregue ao vereador Bazé, uma vez que, o objetivo também era repassar o texto elaborado pelos alunos para uma autoridade, um representante da população. A visita foi o encerramento da atividade de classe.

O projeto da Escola Ramez Tebet também concorre na premiação do Professor Destaque, de 2017. O título da proposta é: Brincando, brincando, do planeta cuidando: princípios para uma criança do futuro, através da EcoPedagogia.

Reinvindicações

Também aproveitando a oportunidade, as professoras Miriam, Adriane Scaransi, a diretora Aparecida Pereira e a coordenadora Romilda Ferreira da Silva Momenti apresentaram uma série de reivindicações para melhorias na escola e até mesmo nos locais onde os alunos visitaram, durante o projeto.

No caso da escola Ramez Tebet, a comunidade escolar necessita das seguintes providências: solução para os pombos que vivem na escola e podem transmitir diversas doenças, além de fazerem bastante sujeira; e ajuda para aquisição de um padrão de energia, que permitirá a instalação de ar condicionados.

“Somos a única escola em período integral, mas sem uma estrutura adequada, precisamos de benfeitorias. Algumas professoras têm que ficar procurando cantos, na escola, para dar aula e isso no calor, no frio”, frisou a diretora.

Neste sentido, foi solicitado até mesmo o uso da tribuna para esclarecer a situação da escola e pedir a todos os vereadores apoio junto ao Executivo Municipal.

O vereador Marcus Bazé ouviu as solicitações e informou que os vereadores, constantemente, têm recebido reivindicações das escolas. E, todas têm tido espaço na Tribuna, para apresentar as solicitações ou falar de problemas que necessitam de encaminhamento da Câmara, assim será feito com a Ramez Tebet, mediante oficio.

O vereador também fez questão de destacar a economia que os 17 vereadores vêm fazendo para que desta forma seja possível, repassar recursos para investimentos que beneficiem a população, como foi o caso dos R$ 100 mil doados para a realização da Festa do Folclore.

Os assessores também sempre fazem visitas a diversos locais da cidade para conhecer as demandas e transformar os pedidos dos moradores em indicações e requerimentos, prática comum no gabinete dele.
De pronto, o vereador já garantiu o envio de um requerimento ao secretário municipal de Meio Ambiente, Celso Yamaguti, pedindo uma solução para o problema dos pombos, na escola Ramez Tebet.

Até mesmo os alunos apresentaram reivindicações para o vereador. Pedro Henrique Rodrigues da Silva, de 11 anos, pediu a troca de lâmpada, na rua casa dele. Ele disse que o pai já chegou a procurar a Elektro, a Prefeitura, mas nada foi resolvido.

Carlos Eduardo Santos de Souza, de 12 anos pediu uma solução para um “buracão” cheio de terra e lixo, no bairro dele, o Jardim Imperial.

Atento as solicitações, Bazé informou que sobre as questões da rede de energia, a Câmara conta com um canal direto (um número de telefone), exclusivo, para encaminhar as solicitações da população.

Quanto ao buraco, o vereador lembrou que até mesmo uma fatalidade ocorreu no local, quando uma criança morreu. E, que está atento a questão, se comprometendo a buscar. Ele também encaminhará um ofício para a administração municipal.

Ao final, Bazé ainda falou da importância de orientar os alunos sobre cuidados com os bens da escola, sobre cidadania. Ele se dispôs a fazer palestras sobre esses temas.

A visita foi finalizada com a entrega da cartilha sobre o papel da Câmara e dos Vereadores, produzida pelo Legislativo Municipal para distribuição para visitantes da Casa de Leis, sobretudo, estudantes.



 
16/10/2017 22:00
17/10/2017 11:16
17/10/2017 10:21
16/10/2017 11:25
10/10/2017 21:00