CSS based drop-down menu
 

VEREADORA MARISA ROCHA

 

E-MAIL: ia-rocha@hotmail.com

TELEFONE: 67 3509-6305

CHEFE DE GABINETE: Raquel Reis da Gama

 

NOME: Marisa Andrade Rocha

NASCIMENTO: 12/08/1961

NATURAL DE: Três Lagoas - MS

MANDATOS: 6º mandato

ESTADO CIVIL: divorciada

 
 
Notícia:
 
 
Marisa Rocha pede derrubada de veto ao autógrafo da lei nº 3.293
 
Vereadora Marisa Rocha


>>01/08/2017

Agradecendo a vida da colega Sirlene, assim a vereadora Marisa Rocha inciou a fala no Grande Expediente, durante a 23ª Sessão Ordinária. Ela também deu destaque as três indicações que apresentou:

- ao secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, solicitando que faça o recapeamento da Viela Presidente Kennedy, com Avenida Eloy Chaves, centro, grandes buracos do lado da padaria Santo Pão, via movimentada existem acúmulos de agua com mau cheiro, impedindo os pedestres de trafegar. Pedido de urgência feito pelo Sr. Pedro proprietário da padaria. (928/17)

- ao secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, solicitando que seja feito recapeamento e limpeza da Rua Antônio Carvalho, bairro Jardim Noroeste, reclamação dos moradores e transeuntes, pois existem buracos que dificultam o transito de veículos, motocicletas e bicicletasque dependem desta via. (929/17)

- ao secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, solicitando que seja feito o patrolamento da Rua David Alexandria e Souza, no bairro Alvorada, que com urgência resolva, pois esta difícil acesso pela via, sendo a mesma movimentada, oferecendo uma maior segurança para  quem transita pela via. (930/17)

Marisa ainda falou da felicidade de ter um projeto sancionado pelo prefeito. O projeto que garante a distribuição da Constituição em Miúdas, nas escolas. A vereadora ainda aproveitou para defender a derrubada do veto integral ao autógrafo da lei nº 3.293 - de 27 de junho de 2017 que: dispõe sobre priorização das vagas nos centros de educação infantil (ceis) para os filhos de mulheres vitimas ou diretamente vitimados em casos de violência doméstica, e dá outras providências - que está em pauta hoje na sessão.

Ela falou que é preciso dar condições para essas vítimas da violência terem onde deixar os filhos, para poder trabalhar e garantir o sustento da família. Em apartes, os vereadores Cascão e Davis relataram casos de violência que tiveram conhecimento. Davis, inclusive, enquanto atuava como Conselheiro Tutelar.

Davis informou que na antiga gestão havia uma Casa de Acolhimento para dar suporte a estas mulheres, mas que foi fechada. Ele sugeriu a colega que seja solicitado ao prefeito que reabra a Casa. "Se nós não oferecermos condições, essa mulher não terá onde obter ajuda". frisou a vereadora.

 



 
16/10/2017 22:00
17/10/2017 11:16
17/10/2017 10:21
16/10/2017 11:25
10/10/2017 21:00